Triste

(Post pessoal, de desabafo. Não leia se não interessar.)

Sim, triste. Por coisas que deveriam continuar, mas não podem, por motivos que não consigo explicar. Triste, pois tudo se acabou e o chão sumiu, perdeu-se o rumo que se deveria seguir, foi-se a vida das cores e as cores da vida, foi-se o perfume e a música, o sabor.

Sim. Eu queria que tivesse dado certo. Mas nem tudo é como gostaríamos que fosse. Quisera eu que a dor que sinto agora fosse menor que outras dores que sentira. Não, não é. E essa profusão confusa de sentimentos me abala, sempre me abalou, me desestabiliza e traz de volta velhos medos, velhos traumas.

Resta-me seguir a vida. Mas que vida? Talvez um dia a vida volte… quando? não se sabe. Mas isso é apenas um talvez…

Deixar uma resposta