Wiiiiiiiiii!!!!!!

Nintendo Wii

Nintendo Wii

Enfim tenho um Wii! E na versão kuro (preto, em japonês), como o da foto, que pelo que li por aí foi lançado no início de agosto no Japão.

Sim, jogar nesse videogame é uma experiência muito interessante por conta dos controles e dos seus jogos que em geral privilegiam a jogabilidade e o humor. É bem engraçado sair com os braços doendo depois de uma sessão de Wii Sports, jogando tênis ou baseball, e esse não é o tipo de coisa que você esperaria após uma jogatina. 🙂

Os jogos são uma seção à parte. Como a tecnologia do console é simples – nada similar aos poderosos Xbox e Playstation – não é o foco dos jogos ter um grande realismo de imagem, o que não é um ponto negativo, uma vez que troca-se isso pela usabilidade dos controles, onde você não só aperta botões, mas também pode chacoalhar, girar, apontar, entre outros movimentos diversos que são explorados por cada título. Isso faz uma grande diferença durante o jogo, tornando-o muito mais interativo!

Menu em japonês

Menu em japonês

Obviamente, nem tudo são flores. Como o meu console é na versão japonesa, foi muito complicado configurar todas as coisas, sobretudo a Internet via Wi-Fi, pois o menu é todo em caracteres japoneses (e eu sou um japa falsificado e não sei ler nada). Ainda bem que tem os manuais online do Wii no site da Nintendo! Aí foi só olhar de um lado e clicar no outro. 😛

Ok, ok, até aqui o que eu to dizendo é bem óbvio e todo mundo já sabe. Vou contar então sobre o que mais me deixou empolgado sobre o console: homebrew. Para quem não sabe (como eu não sabia), homebrew é o que se define mais ou menos como criar/rodar software “caseiro” em um console – que em geral só permite rodar jogos oficiais. Eu, como computeiro, quase-engenheiro, fuçador e prof. Pardal, achei muito legal poder criar, modificar, distribuir coisas para o Wii. Além disso, poder utilizar softwares de outros (em geral listados no site WiiBrew), como jogos, emuladores e utilitários. Tem até um port do Quake, para matar a curiosidade! Assim que me sobrar um tempo vou ver se invento alguma coisa para rodar no videogame. 😀

Claro que para deixar tudo funcionando foi preciso muito trabalho lendo vários artigos diferentes, consultando vários fóruns, tudo para ter um background e entender melhor como funcionam cada uma das coisas que são necessárias para rodar homebrew além e os meus discos de backup. Se pode dar problema? Sim, existe um bom risco de sair algo errado e o console “brickar”, o que literalmente significa transformá-lo em um tijolo, inútil (e caro!). Um problema que percebi foi que alguns textos estão desatualizados, alguns não tinham todos os passos de que eu precisava (mudar linguagem, por exemplo), e outros não explicavam direito o que era feito em cada etapa, e alguns nem foram encontrados via Google. Assim, aguardem os próximos posts que serão uma compilação mais detalhada e com referências de tudo o que encontrei na Internet sobre isso!

Eita, me empolguei escrevendo! Deixa eu ir, senão fica maior ainda!

4 thoughts on “Wiiiiiiiiii!!!!!!

  1. Você se esqueceu de comentar que como bom nerd, você ficou tão empolgado em instalar o Wii (e depois, jogar os joguinhos legais), que se esqueceu de comer e dormir por vários dias! 😛

    Parecia uma criança quando ganha um brinquedo novo e legal! kkkkkkkkkkk

Deixar uma resposta